Naruto - Boruto RPG

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[Residência] Maquiavel Jaavas

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1[Residência] Maquiavel Jaavas Empty [Residência] Maquiavel Jaavas em Seg Nov 11, 2019 3:08 am

Ilusionista

Ilusionista
Narradores
Narradores
[Residência] Maquiavel Jaavas Images?q=tbn%3AANd9GcQ9uFlZKs-pK4Z2G8KqP1j2OlwQJuEZBDKbVk7LmXEpHXg75OeH

Descrição: Uma pequena mansão, de ar surtuno e com toques de um semblante fúnebre. Sua construção, bem como estética, bebi muito de uma arte mais gótica. Embora haja uma inevitável beleza única nela, sua sombra pode ser descrita, por muitos, como "uma relíquia antiga e de um tempo decadente" 
De assinatura altiva, carrega bem a imagem de seu comprador - para muitos, um mistério - de ser uma "semente" de Kiri em um território afogado em paz. É notório que, em sua compra, muitas mudanças foram feitas até o resultado final.
Atualmente Maquiavel Jaavas é o seu residente e responsável.

2[Residência] Maquiavel Jaavas Empty Re: [Residência] Maquiavel Jaavas em Seg Nov 11, 2019 2:28 pm

Ilusionista

Ilusionista
Narradores
Narradores
Ação On
Maquiavel POV
Havia acabado de chegar na porta de minha casa, um sútil e fúnebre lembrete que meu pai sempre terá um de seus "Corvos" me observando. Aparentemente, isso deve ser um negócio de família. Não fazia muito tempo que eu também adotaria as sombras, vigiando aquela que acredita em Demônios.
Asami Yamato, seguir seus passos até acadêmia foi uma brincadeira de criança para mim. Meus Olhos Vermelhos capturaram sua imagem por alguns minutos e, por mais que meus lábios morram sem admitir, aquilo não foi um desperdício de vida: havia gastado meu tempo, minha moeda sem troca, com algo a mais: com a beleza que, um dia, escapou de meus dedos lapidados na violência.
Entretanto, não tinha nada de útil em assistir seus talentos sendo jogados fora ao ensinar infantes delirantes, infantes que acreditam em tudo que se leem nos romances: imaginam nosso mundo como algo belo, a existência de um ninja - de ser um ninja - como uma aventura divertida.
- Eles são fracos, pai... Munições mal acabadas, buchas de canhão que falham no momento do disparo. - Sussurro para mim, quase como uma pequena praga que fugia de minha boca.
O vento estava particularmente frio hoje, cortando minha pele sem pensar duas vezes. Talvez, seja um toque irônico do destino, a memória constante do caos silencioso que essas ruas quietas sofrem. Os desaparecimentos, mesmo sem nascer de lábios alheios, se faz vivo em cada olhar que cruza meu Efêmero caminho.
- Saudades de nosso primeiro encontro, criança?
Conhecia a voz que batia em meus ouvidos, era uma velha conhecida. Entretanto, esse encontro, se mostrava um ato súbito para mim. A pele que tenho, a carne que lhe veste, ainda ardia em minha carne.
- Fiz o que pediu... Não deveria relatar isso ao seu senhor? - Dizia com um tom de voz, assim como o de meu semblante, frio e sem rodeios. Apesar de educado em cada palavra que nascia de meus lábios, não me dava o trabalho de me voltar a ele. Apenas mexia no bolso de maneira fugaz, mergulhando em busca das chaves de minha casa.
- Você se manteve bem enquanto perseguia a garota de sangue Uzumaki... É bom saber que ainda não está tão enferrujado. - Suas palavras eram munidas de provocações e uma certa alegria perversa. Porém, apenas continuava de costas e, com a chave entre os dedos, estava há poucos segundos de abrir a porta. - Ela está em um combate mortal lá, seria uma pena que alguma coisa acontecesse com seu belo rosto... Afinal, um cadáver não ajuda em nossos planos. Claro, ela seria, para ti, uma obediente...
- Mande outro agente, devo fazer meu relatório a meu pai que, ouso lembrar, é seu chefe. - Falava de maneira calma, quase robótica de minha parte. Ainda de costas a ele, escondia o leve batimento acelerado que surgiu por breves, mas marcantes, instantes de minha vida.
- Ela é sua responsabilidade, não minha. Mas, se tu quer ela morta, não é problema meu.
Podia ouvir ele desaparecer e, por um fugaz momento, houve hesitação em minha mente. Porém, em último caso, guardei minha chave e fui em direção a trilha que me levaria de volta a acadêmia.
Fim da Ação On
Ação On:
- Irei da Residência até às Ruas de Ligação existentes na Área Sul.

Detalhes:
- Houve uma citação a referência de algo que aconteceu no Evento (Dia dos Professores) individual - no caso, de alguém com "Olhos Vermelhos" estaria observando Asami. 
- Houve referência aos Treinamento IV de Maquiavel.

Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

MensagensUsuários registradosÉ o novo membro